CENTRAL DE ATENDIMENTO
4003-3219 | (11) 2591-2900
(11) 94555-0023Envie sua mensagem pelo WHATSAPP

Você sabe contar – bem – a sua própria história para um (a) recrutador (a)?

Você sabe contar – bem – a sua própria história para um (a) recrutador (a)?

E aí você foi selecionado para a entrevista que pode te dar acesso àqueeele estágio (ou emprego) com o qual você vem sonhando TANTO!

Coração disparado aí, né? Emoção total!

Uhuuu! Parabéns!

Tá, mas vamos sossegando aí. Vamos devagar que este é só o começo da jornada, viu?

Seee, por exemplo, a tal entrevista for em formato de apresentação, será que você está preparado (a) para narrar – de forma adequada – o seu “Era uma vez..”?

Para muita gente, isso pode virar um pesadelo. Sim, porque muitos são os que – jovens assim como você – não acreditam que suas experiências (seja na faculdade, fora do país ou em um trabalho voluntário) possam ser tão interessantes a ponto de fazerem diferença em um processo seletivo.

Mas são interessantes sim, viu? Muito!

Aliás, todo mundo – sem exceção – tem uma história interessante para contar. Sempre.

Basta encontrar a forma de fazer isso e, com tal técnica dominada, encantar o (a) entrevistador (a).

E que técnica seria esta?

Nós te contamos. Chama-se ‘storytelling’ e é um recurso muito usado nas áreas de propaganda e entretenimento. O nome pode até parecer muito pomposo, mas nada mais é do que a arte de contar uma boa história.

Pode ser muuuito útil em uma entrevista de emprego.

Se você quer ser lembrado (a) pelo (a) recrutador (a) em meio a outros tantos concorrentes vale investir na habilidade de comunicação, na clareza do discurso, no poder da influência e na capacidade de interação.

Que tal já começar a treinar em casa, hein?

Dedique-se a contar a sua história pessoal da forma mais clara e objetiva possível, porém de uma maneira instigante. Encante o (a) interlocutor (a) com a sua narrativa!

E já que começamos com o mundo do faz de conta e seu “Era uma vez...”, vamos encerrar sugerindo o tom de uma certa animação, nem tão antiga assim, que caiu no gosto do mundo todo (com uma pequenina alteração, feita por nossa conta): “Em um reino, assim, nem tão tão distante...”.

Boa sorte!


[Fonte: www.msn.com // Você S/A]