4003-3219ATENDIMENTO EM TODO BRASIL COM LIGAÇÃO LOCAL - CAPITAIS E REGIÕES METROPOLITANAS
Central de atendimento: (11) 2591-2900 CENTRAL DE ATENDIMENTO.
logo do portal bolsas de estudo

Veja ao lado todas as cidades que oferecemos bolsas de estudo.

Selecione:

Precisando recuperar a criatividade? Teste as sugestões que selecionamos para você!

Precisando recuperar a criatividade? Teste as sugestões que selecionamos para você!

E aí que já estamos em pleno fevereiro de 2019, mas naaaada de você conseguir “pegar no tranco” e produzir coisas novas, criativas.

Complicado, hein?

Ah se criatividade viesse em comprimidos!

Quer saber? Que bom que (ainda) não vem! E por um motivo bem simples: a falta dela e a busca por ela nos faz sair de nosso lugar-comum, abandonar nossa zona de conforto, buscar novas coisas, novos elementos, novas experiências.

Quando a criatividade se ausenta saímos em busca de outras fontes a fim de que possamos restituí-la. Olha que ganho incrível para a alma e, consequentemente, para a vida como um todo? É muito aprendizado!

Em treinamentos para executivos, coaches – e consultores em geral – recomendam que, ao primeiro sinal de criatividade em baixa, adotemos pequenas atitudes que a fomentem.

Quais são?

Na verdade, trata-se de um combo: desafio somado a aprendizado acrescido de um quê de diversão / entretenimento.

Uhmmm...mas por que, hein?

Bom, vamos lá...

Desafio, porque motiva os profissionais (especialmente executivos, que têm como característica principal a competitividade até com eles mesmos). Aprendizado, porque estimula o cérebro e cria novas conexões. E, por fim, entretenimento, visto que "quebra" amarras e barreiras pessoais permitindo que a pessoa se abra – sem preconceito – às novas experiências.

Pois é, tudo isso – somado – estimula, comprovadamente, o processo criativo.

Tá, mas o que é possível fazer – efetivamente – para contribuir com a volta da tão desejada criatividade?

Você, muito provavelmente, vai rir de algumas das sugestões que vamos apresentar, maaaas, vamos a elas...

Você pode, por exemplo:

- Adotar ousadia de estilo toda semana (pode ser um esmalte / batom de cor diferente ou, quem sabe, vestir peças que jamais entrariam no seu guarda-roupa). A ideia aqui é trabalhar com outra perspectiva, mexer na autoimagem;

- Sair sozinho (a) para almoçar, jantar ou tomar um drink. Pode acreditar, é excelente passar umas horas a sós, porém em público;

- Música! Que tal aprender a tocar um instrumento, hein? É lúdico e deixa você mais inteligente;

- Prove um prato exótico, de preferência que contenha ingrediente que você jamaaaaisss colocaria na boca. Ofereça novos estímulos aos seus sentidos, desconecte a mente barulhenta e apenas...sinta, deixe-se levar!;

- A criança que mora em você está louca para sair e brincar, que tal retomar um hobby da infância ou da adolescência, hein? Nada melhor para a criatividade do que deixar (de novo falando do assunto) o lado lúdico aflorar. Retome – sem medo – o que sempre amou fazer;

- E, por último, algo para o qual você – certamente – vai fazer uma careta aí: que tal fazer algo que, em outros tempos, você consideraria BEM ridículo? A ideia é sair da sua zona de conforto. Como fazer isso? Que tal uma declaração de amor pública, inesperada? Ufsss...Tá, também vale criar uma playlist de músicas cafonas que você aaaamaaa. Olha que legal? Faça a vida mais suave, não se leve tão a sério!

Anotou aí as dicas?

Então boa sorte na recuperação da criatividade.

E não se esqueça de – no percurso – se divertir bastante!


[Fonte: UOL // Universa]